segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

10 Motivos para começar a correr

Fonte da imagem: Pinterest

Tenho andando a pensar e acho que para o ano vou começar a correr com mais regularidade. Eu já faço exercício, como sabem, mas acredito que correr faz muito bem e modifica-nos a vários níveis. É claro que sermos seguidos por personal trainers é também muito bom, pois estes dão-nos motivação e corrigem possíveis erros que possamos cometer, mas a corrida é uma forma barata e muito divertida de exercitarmos o nosso corpo. Se até já pensaram em começar a correr, mas falta-vos uma motivação extra, vejam aqui 10 motivos que vos vão fazer calçar os ténis de corrida e vestirem uma roupa bem confortável!


Perda de peso e de gordura corporal

Correr é um dos exercícios mais completos, pois estamos a exercitar quase todo o corpo e com uma grande intensidade. Por isso, tem a grande vantagem de potenciar a perda de peso e, consequentemente, a gordura corporal. Há mesmo quem diga que 30 minutos de corrida, a 10 quilómetros por hora, pode queimar até quase 300 calorias (isto no caso de mulheres de, aproximadamente, 60 kg). Por isso, imaginem o quanto não queimam se correrem muito mais numa hora completa!



Reforço muscular

Ao perder quilos e calorias, há também um reforço muscular, devido ao facto de se estar a exercitar os músculos das pernas, das costas e os abdominais. E, quando o treino é intenso, a resistência física aumenta, tal como o reforço a nível dos músculos. É claro que isto só acontece com um treino regular, por isso, se tiverem muitas dores depois das primeiras corridas, nunca desistam e continuem a treinar!

Aumento de imunidade

Uma corrida regular também aumenta a imunidade, prevenindo o risco de constipações, febres, infecções respiratórias, problemas de garganta ou outros que apareçam no tempo mais frio.



Aumento de memória

A memória é também muito estimulada com a corrida. Este tipo de exercício, feito de forma frequente, ajuda a que a nossa mente se mantenha mais activa, sendo também muito bom para reduzir sintomas de demência. Há até estudos que revelam que manter um ritmo de treino pode proteger o cérebro contra doenças como o Alzheimer.  



Redução do risco de doenças graves

Se as corridas regulares reduzem o risco de doenças mais leves, também os problemas de saúde mais graves são evitados e/ou diminuídos. Correr é um remédio natural que faz baixar a pressão arterial e melhora a saúde cardiovascular, pois reforça e aumenta a elasticidade das artérias, o que evita também o risco de ataques cardíacos. Para evitar a osteoporose, não há melhor, pois é um exercício perfeito para tornar os ossos mais fortes, mais densos e resistentes, mesmo com o avançar da idade. Por outro lado, o risco de diabetes (do tipo 2) também diminui, pois o corpo consegue limpar o açúcar da circulação do sangue com maior facilidade quando se está em forma. Por último, o risco de cancro também é reduzido, nomeadamente o do cólon, o da mama, o da próstata e o cancro do pulmão.



Maior consumo de carbohidratos

Sim, é verdade. Quando corremos, devemos consumir mais carbohidratos, como o pão ou a massa (situação que muitos adoram!), pois temos que ter o que queimar nos treinos, especialmente quando são intensos. Um maior consumo de carbohidratos auxilia o desempenho nas corridas. E esta pode mesmo ser, para muitos, uma grande motivação!



Sonos mais tranquilos

Relativamente aos sonos tranquilos, é fácil de perceber que, quanto mais se corre, mais o corpo precisa de descanso, devido ao cansaço físico, que também acaba por ser saudável. Assim, na hora de ir dormir, o sono chegará bem mais cedo e será mais profundo. Afirma-se, portanto, que a corrida facilita uma maior qualidade do sono.


Melhoria do sentido de humor

Correr eleva o humor e diminui os níveis de depressão, visto que liberta substâncias químicas de bem-estar, chamadas endorfinas, o que faz com que seja um remédio natural e bem mais barato do que a própria terapia.



Redução do stress

Uma boa corrida reduz imenso o stress, e sabem porquê? É fácil! Correr aumenta o nível de serotonina no cérebro, o que o torna bem mais calmo e mais resistente ao stress.



Possibilidade de uma vida mais prolongada

Por fim, uma vida mais activa proporciona uma vida mais prolongada. E o interessante é que existem outros estudos que indicam que correr uma a duas horas por semana pode aumentar o tempo de vida da mulher e do homem em 6 anos. Por isso, digam já adeus aos vossos hábitos sedentários!



Espero que agora se sintam mais motivados para começarem a correr e que uma vida mais saudável faça parte dos vossos planos daqui para a frente!

Sem comentários:

Enviar um comentário